Português

Acumulação capitalista na América Latina: Colômbia como arquétipo


Por Cecilia Zamudio A situação política na América Latina se inscreve numa situação mundial na qual se acelera a acumulação capitalista, mediante maior exploração laboral, maior depredação ambiental e mais guerras imperialistas. Há um aprofundamento do roubo contra os povos da América Latina e uma intensificação do Terrorismo de Estado que garante a acumulação capitalista. Este acionar de morte mediante os exércitos oficiais e suas respectivas ferramentas paramilitares se vê claramente em países como México, Colômbia, Peru, Honduras, Paraguai etc. Se aprofunda a luta de classes, com um intento de extermínio dos lutadores sociais por parte das diferentes oligarquias e do grande capital transnacional: pondo em marcha diversas estratégias de intervenção e fortalecendo estruturas do narcotráfico para que estas sirvam na tarefa de terro...
SEGUIR LEYENDO...

Crime de lesa humanidade: a UE quer as riquezas de África, mas não quer as pessoas


Por Cecilia Zamudio Lire aussi: Version en français Leer también: Versión en Castellano Hoje são milhares de homens jovens, mulheres e crianças, que o mar tragou. Um mar cujas ondas vão e vêm entre África e Europa, testemunhas silenciosas do genocídio capitalista, lambendo as praias dos países saqueados e também aquelas praias que são as portas do cinismo mais absoluto.  O recente naufrágio em que mais de 900 migrantes africanos perderam a vida no estreito da Sicília é mais um trágico episódio de uma infindável sucessão de tragédias semelhantes. A UE e a dita “comunidade internacional” choraram as habituais lágrimas de crocodilo. Tentam ocultar a sua criminosa responsabilidade neste desesperado êxodo, que resulta directamente da rapina das riquezas africanas e da sistemática agressão imperialist...